Desenvolvimento, Inovação e Investigação em Enfermagem do Trabalho

Código

04007559

Créditos ECTS

4

Objetivos

Informação disponível em breve.

Programa

1. Ética e Deontologia em Saúde Ocupacional
2. Contributos da Epidemiologia e Estatística para a Saúde Ocupacional
Contributos da Estatística para a interpretação dos dados (apresentação de dados, medidas de localização e de dispersão, tópicos de inferência estatística). Epidemiologia: princípios e definições centrais (prevalência, Incidência, letalidade, morbilidade, mortalidade, risco)
3. Investigação em Enfermagem do Trabalho/Saúde Ocupacional
Investigação e desenvolvimento disciplinar e profissional
O processo de investigação: conceito e etapas
Tipos de estudo
A publicação científica (estrutura e apreciação crítica de artigos científicos)
4. Prática Baseada na Evidência
História, conceitos e aplicação
Formulação de questões pesquisáveis em Bases de Dados de
Informação Científica
Evidência: do acesso à integração na prática clínica
5. Criatividade e Inovação em Enfermagem do Trabalho
6. Projetos de Investigação/Intervenção em Enfermagem do
Trabalho/Saúde Ocupacional

Métodos de Ensino

No desenvolvimento da unidade curricular para além de se recorrer pontualmente a sessões expositivas que permitam enquadrar os temas que se pretendem desenvolver, utilizar-se-ão, essencialmente metodologias que assentam (i) na discussão de artigos selecionados para serem debatidos em grupo; (ii) na demonstração orientada dos procedimentos necessários para a formulação de uma questão de pesquisa; (iii) na demonstração da utilização de Bases de Dados de Informação científica para localização de evidência disponível, (iv) na organização e supervisão de um trabalho de grupo em que se explicite, a partir de uma questão orientadora, uma estratégia coerente de pesquisa de informação a realizar em Bases de Dados de Informação Científica e se sintetize conhecimento relevante sobre um tema relacionado com a Enfermagem de Trabalho e que possa suportar teoricamente projetos . Espera-se que os estudantes desenvolvam uma atitude de pesquisa e de trabalho autónomos de forma a mobilizar os recursos disponibilizados numa perspetiva contínua de autoformação de acordo com as necessidades de aprofundamento de informação que para si identifiquem.

Bibliografia

Araújo, C. (2018). Investigação em Enfermagem do Trabalho, In E. Borges (Coord.), Enfermagem do Trabalho: Formação, Investigação e Estratégias de Intervenção. Lisboa: Lidel.
Beaglehole, R., Bonita, R., Kjellström, T. (2006). Epidemiologia Básica, 2ª Ed., Livraria Santos Editora Comércio e Importação Ltda., Lisboa.
Dang, D., & Dearholtht, S., (Ed.) (2018). Johns Hopkins Nursing EvidenceBased practice: Model and guidelines. Indianopolis: Sigma, Theta, Tau International.
França, A., & Borges, E. (2018). Ética e Enfermagem do Trabalho, In E. Borges (Coord.), Enfermagem do Trabalho: Formação, Investigação e Estratégias de Intervenção. Lisboa: Lidel.
Godshall, M., (2016). Fast facts for evidence-based practice in nursing. Implementing EBP in a nutshell. New York: Springer Publising Company.
Melnyk, B., & Fineout-Overholt, Ellen f. (2016) Evidence-based practice in nursing & healthcare: a guide to best practice. Philadelphia: Wolters Kluwer/Lippincott Williams & Wilkins.
Rosner, B. (2015). Fundamentals of Biostatistics, 8ª ed., Cengage Learning.
Soares, H., [et al] (2013). Projeto Evidência: Investigação e formação sobre acesso a bases de dados de informação científica nos Açores. Rev Esc Enferm USP, 47(2), pp. 486-93.

Aulas

    Informação disponível em breve.

Método de Avaliação

Documentos

    Informação disponível em breve.